Estudo revela que usar voz de bebê com o seu cachorro faz bem

 
Sabe aquela vozinha que você usa para falar com um bebê? Pois bem, se você falar com esse mesmo tom de voz mais agudo com o seu cachorro, ele irá gostar mais de você e te dará mais atenção.

Segundo um artigo científico divulgado pela Universidade de York, esse atrativo linguístico, chamado por alguns de “maternês”, ainda é um mistério para a ciência, mas acredita-se que o tom afinado e simples da voz traz uma sensação de construção emocional maior com o próximo.Para investigar o caso, os cientistas fizeram um experimento com 37 cachorros: 20 machos e 17 fêmeas. Eles foram colocados em salas separadas e apresentados a diversos conteúdos interessantes com seres humanos falando, ora de forma normal (como “fui ao cinema”), ora de forma aguda (como “vamos passear?”).

Os cachorros se animaram muito mais com o item apresentado com a voz fina e quando puseram escolher o ser humano para terem contato físico, optaram por aqueles que usaram a fala emotiva.

No segundo experimento, feito com 16 machos e 16 fêmeas, os cachorros foram apresentados a itens desinteressantes, enquanto os participantes falavam com a voz normal coisas boas, como “bom garoto” ou “frango assado”.

A conclusão foi que é preciso unir o tom de voz e o conteúdo para atrair a atenção do animal.”Quando nós misturamos os dois tipos de discurso e conteúdo, os cachorros não mostraram preferência por um falante ou por outro. Isso sugere que os cachorros precisam ouvir palavras relevantes com a voz adequada para se interessarem”, concluiu Alex Benjamin , coordenador do estudo e psicólogo da Universidade de York.


Fonte: Abril

Outros, 26.MARÇO.2018 | Postado em Notícias
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...